INÍCIONOTÍCIAS
Conheça os piores...
Conheça os piores trajetos para rodar no Brasil

Conheça os piores trajetos para rodar no Brasil


Dicas : 12/02/2020

Você, que é caminhoneiro e tem uma intensa rotina nas estradas, já deve ter se deparado com trajetos extremamente críticos, não é mesmo? Afinal, a extensa malha rodoviária brasileira conta com vários trechos difíceis, marcados por problemas de pavimento, sinalização, geometria, entre outros.

Segundo a 23ª Pesquisa CNT de Rodovias, realizada em 2019, 59% da extensão avaliada apresenta problemas. A situação é preocupante já que houve aumento em relação a 2018, quando esse percentual foi 57%.

O número de pontos críticos identificados ao longo dos 108.863 quilômetros pesquisados, aumentou 75,6%. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo esse Blog e conheça algumas das piores rotas para rodar no Brasil.

 

Natividade (TO) e Barreiras (BA)

Natividade (TO) e Barreiras (BA) é considerada a pior ligação rodoviária do País e no ranking, ocupa a 109ª posição entre as rodovias pesquisadas. Com trechos considerados ruins, a rota inclui a BA-460, BA-460/BR-242, TO-040 e TO-280.

Marcado por uma longa história de precariedade, o trajeto conta com vários trechos sem pavimentação, entre outros problemas.

Na BR-242 (principal via de acesso à Chapada Diamantina), por exemplo, a situação é preocupante. Em sua extensão há a travessia de diversos rios que durante os períodos chuvosos transbordam, impedindo a passagem.

 

Jataí e Piranhas (GO)

O trajeto entre Jataí e Piranhas (GO) está em segundo lugar quando o assunto envolve estradas ruins. Formado pela rodovia BR-158 que corta o país de Norte a Sul (de Santana do Livramento no Rio Grande do Sul até Altamira no Pará), o trecho entre as cidades de Goiás se destaca em relação aos perigos.

Se você já passou por essa estrada, certamente tem noção do que estamos falando. São inúmeros problemas de pavimentação, buracos e falta de sinalização.

 

Marabá PA

Com a 107ª entre as rodovias pesquisadas, a BR-222 ocupa a 3ª posição quando o assunto está relacionado às piores ligações rodoviárias do País. O trecho localizado no Pará, entre as cidades de Marabá e Dom Eliseu, é considerado um dos mais críticos e oferece diversos riscos aos motoristas. Buracos enormes e vegetação que impede a visualização das placas de sinalização estão entre os problemas já conhecidos por muitos caminhoneiros.

 

Outras rodovias ruins

Você acabou de conhecer melhor as três piores ligações rodoviárias do País. Mas, fique atento porque existem outras. Confira mais alguns trajetos difíceis para viajar:

✓ Rio Verde GO - Iporá GO (BR-222);

✓ Belém PA - Guaraí TO (BR-222, PA-150, PA-151, PA-252, PA-287, PA-447, PA-475, PA-483, TO-336);

✓ Brasília DF - Palmas TO (BR-010, DF-345/ BR-010, GO-118, GO-118/ BR-010, TO-010, TO-050, TO-050/ BR-010, TO-342);

✓ Curvelo MG - Ibotirama BA (BA-030/ BR-030, BA-160, BR-122, BR-135, MG-122/ BR-122);

✓ São Vicente do Sul RS - Santana do Livramento RS (BR-158, RS-241, RS-640);

✓ BR-101 BA - Teófilo Otoni MG (BR-418);

✓ Uberaba MG - Barretos SP (BR-364, MG-427, SP-326/ BR-364).

Agora, você já está por dentro da situação das rodovias mais precárias do nosso País. Não esqueça de fazer um planejamento adequado antes de pegar a estrada e, na medida do possível, evite os trechos apontados. Boa viagem!

Peças
Blog
Iso 9001